Regulamentação da Profissão de Historiador

“Um povo que não conhece sua história está fadado a repeti-la” (Edmund Burke)

O grupo de pesquisa Ciência, Saúde, Gênero e Sentimento da Universidade de Santo Amaro CISGES/UNISA/CNPq vem, por meio desta nota de repúdio, declarar-se terminantemente contra o veto do projeto lei de n° 368, 2009 (4.699/12) que tem por finalidade regulamentar a profissão historiador no Brasil. O desgoverno que assola nosso país é impacto, principalmente, da descredibilização das ciências e suas práticas. Vemos parte da população questionando a sua real veracidade. E pensar que estamos há tanto tempo lutando por algo constitucionalmente legal, pois a luta vem desde a década de 1960, quando o primeiro projeto lei foi submetido à Câmara de Deputados e também fora vetado. As semelhanças daquela época com hoje não acabam, ao contrário. Assim como Darcy Ribeiro disse sobre a educação ser um projeto intencional e que obteve êxitos, esse veto também mostra seu caráter proposital, político.

Petição Pública

Texto de Jonathan Santos Silva. Graduado em História pela UNISA. Professor Eventual da Rede Pública de Ensino do Estado de São Paulo. Pesquisador do Grupo de Pesquisa CISGES/UNISA/CNpq.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s