Linha 3 – Gênero, mobilidade e fronteiras: Interdisciplinaridade e construções identitárias

Linha 3 de Pesquisa  

Gênero, mobilidade e fronteiras: Interdisciplinaridade e construções identitárias

A Profa. Dra. Juliana Figueira da Hora possui doutorado em Arqueologia pelo Museu de Arqueologia e Etnologia/USP (2018); Mestrado em Arqueologia pelo Museu de Arqueologia e Etnologia / USP (2013); Bacharelado em Letras pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas/ USP (2007); Licenciatura pela Faculdade de Educação/USP(2007). Atualmente é pós-doutoranda em Arqueologia com ênfase em acervos museológicos e patrimônio cultural pelo Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE-USP). Atua como Professora do Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade de Santo Amaro (UNISA). Realizou pesquisa na École Française D’Athènes (EFA) e no Museu de Tasos na Grécia com bolsa BEPE/Fapesp de doutorado (2015-2017). Participou das escavações arqueológicas na Ilha de Despotiko, Grécia em 2017. Participa como pesquisadora associada de projeto conjunto com a Universidade de Münster (Alemanha) desde 2017. Participa como pesquisadora associada do Projeto interdisciplinar “Material Culture and landscape study in Tel Dor” – Exchange activities – Internationalization – USP – University of Bristol, Hebraica University (Israel) e Museu de Arqueologia e Etnologia – (MAE-USP) desde 2018. Possui formação interdisciplinar com ênfase em Letras, Arqueologia, História e Patrimônio Cultural. Foi bolsista CNPQ de Iniciação Científica entre 2007 e 2008, foi bolsista da FAPESP de mestrado entre 2010 e 2012, foi bolsista FAPESP de doutorado entre 2014 e 2018 e atualmente é bolsista de pós doutorado pela CAPES (PNPD). É pesquisadora associada do Labeca (Laboratório de Estudos sobre Cidade Antiga – LABECA- MAE-USP) no atual Projeto intitulado- Percursos de ocupação territorial e de definição de contato cultural no Mediterrâneo grego (século IX-III a.C.) e membro ativo do LECA (Laboratório de Estudos sobre a Cerâmica Antiga- UFPEL) desde 2013. (Fonte: Currículo Lattes)

O objetivo desta linha de pesquisa é desenvolver estudos que visam compreender as relações pessoais, sociais e políticas materializadas e territorializadas nos espaços fluidos, sob a perspectiva das questões de gênero envolvendo mulheres, fronteiras visíveis e invisíveis e mobilidade dos sujeitos em condição de vulnerabilidade. Trata-se de uma proposta interdisciplinar que objetiva envolver discussões sobre formação de identidades nos processos excludentes das migrações, representação da mobilidade nos discursos materiais e imateriais, mecanismos estruturais e sistêmicos de exclusão de gênero, relações de poder e barreiras locais e regionais de forma diacrônica e sincrônica.

Os interessados poderão entrar em contato para saber sobre as reuniões e demais ações da Linha 3. Sucesso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s